Portuguese English Spanish

A vida só tem sentido quando serve de preparação para vidas melhores.

A moral não é produto do meio social, mas da consciência.

Toda a beleza espiritual do passe espírita provém da fé racional no poder espiritual.

O materialista não é livre, pois está preso à ideia fixa de que tudo é matéria.

A Educação Espírita visa o desenvolvimento pleno do indivíduo, considerando-o um ser imortal e cósmico.

Mediunidade é a faculdade humana, natural, pela qual se estabelecem as relações entre homens e espíritos.

Aproveite e veja também as outras colunas que já estão no ar.

DIANTE DOS OBSTÁCULOS
Francisco Cândido Xavier

A página que envio foi recebida numa reunião de amigos. Vários deles destacavam os obstáculos que acreditam defrontar na vida. Obstáculos para encontrar tranquilidade, trabalho certo, prosperidade e alegria de viver.

Como agir para acertar com a verdadeira estrada do sucesso? Falávamos sobre as muitas soluções que a experiência comum nos sugere para a liquidação dos problemas da vida, quando um dos presentes lembrou a oportunidade de orarmos em conjunto, buscando a inspiração dos nossos maiores.

Fizemos a prece e em seguida buscamos o amparo de O livro dos espíritos, que nos ofereceu a questão 768 para estudo. Após ligeiro diálogo, o nosso amigo André Luiz escreveu, por nosso intermédio, a página referida que envio, considerando a possibilidade de sua publicação com o apoio dos seus comentários.

Nota - A questão 768 de O livro dos espíritos trata da necessidade da vida social para o desenvolvimento das faculdades do homem. Kardec observa: “Nenhum homem dispõe de faculdades completas e é pela união social que eles se completam uns aos outros.”

SUCESSO E NÓS
André Luiz

Você é o seu próprio pensamento em ação.

Todos somos filhos de Deus e, em qualquer lugar, estamos todos na Presença Divina.

*

A Suprema Lei da Vida é o bem de todos.

Concentre-se tão-somente no bem e a sua imaginação funcionará por lente vigorosa, ampliando a visão dos bens que lhe enriquecem a vida.

*

A palavra é força criadora.

Coloque bondade e compreensão no verbo que lhe expõe o modo de ser e a sua palavra realizará maravilhas.

*

Aceite a lei do progresso.

Observe a árvore que você planta e verificará o imperativo da evolução.

*

Você pode e deve conservar-se fiel ao seu amor e ao seu ideal, mas não conseguirá ser feliz sem renovar-se.

Aprendamos com a fonte que prossegue sem alteração na estrutura essencial da corrente, entretanto, avança em movimento constante para os seus próprios objetivos.

*

A tarefa em suas mãos é semelhante à determinada empresa com os clientes que se lhe agregam aos interesses.

O seu êxito terá sempre o tamanho do serviço que você preste.

*

Apague de sua mente e de sua conversação toda ideia ou palavra que estabeleça imagens condenatórias ou deprimentes.

A nossa existência é comparável à escada e todos somos capazes de utilizar os degraus que nos levem acima.

*

Nunca despreze os outros, nem despreze a você mesmo.

Ninguém existe sem utilidade ou sem importância na Obra Divina da Criação.

*

Auxilie para o bem quanto e como possa, resguardando a consciência tranquila.

De tudo o que dermos receberemos centuplicadamente.

Faça de Deus o seu mentor, o seu companheiro, o seu amigo e o seu sócio, reconhecendo que é nosso dever colocar-nos em Deus, tanto quanto Deus, por Suas Leis, está em nós.

Praticando o bem com esquecimento do mal, conforme evidenciam as leis de Deus, entreguemo-nos às obrigações que a Divina Providência nos confiou, nos quadros do dia a dia. E, em matéria de sucesso e segurança, paz e alegria, o nosso próprio trabalho, com a bênção de Deus, fará o resto.

OS DEGRAUS DO BEM
Irmão Saulo

É bastante conhecida a frase de Sartre: “Os outros são o inferno.” Mas André Luiz nos propõe o contrário: os outros são o céu. Quando compreendemos bem a necessidade da vida social, aprendemos que os obstáculos são degraus de uma escada que temos de subir. Esses obstáculos estão precisamente nos outros. Porque são os outros que nos negam as facilidades que desejamos obter, que procuram afastar-nos do seu caminho ou utilizar-nos como instrumentos para as realizações deles, em detrimento das nossas.

Mas se estamos na vida para desenvolver nossas faculdades, para aprender a superar dificuldades, é claro que os obstáculos são os recursos de que dispomos para o nosso aprimoramento. Uma corrida de obstáculos é um treinamento valioso para o atleta. E nós todos nada mais somos do que atletas do espírito, desenvolvendo na vida as nossas habilidades.

O atleta desenvolve os músculos, a agilidade, o equilíbrio. O espírito desenvolve a inteligência, o pensamento, a compreensão, o amor. Mas sem os outros pela frente não teríamos a possibilidade de treinar. Na proporção em que fracassarmos nas relações sociais iremos sendo forçados a procurar novos meios de agir. E então perceberemos que encarando os outros como irmãos e não como adversários conseguiremos superar os obstáculos.

Deus é o Bem Supremo. Os outros são os degraus da escada que nos leva a Deus. Pensando em Deus e fazendo o bem ao próximo, estaremos subindo a escada do verdadeiro sucesso. Temos de anular no presente as reações do mal que fizemos no passado. São essas reações que nos atrapalham. Aprendamos agora a fazer o bem aos outros e Deus nos retribuirá com o bem dos outros a nosso favor.

Style Selector

Layout Style

Predefined Colors

Background Image